• geral@appbg.pt

Laboratórios Virtuais no Ensino Experimental das Ciências

Fonte: https://ciencia-em-si.webnode.pt/products/laboratorio-virtual/

 

Nº de horas acreditadas: 15

Datas:
Sessões síncronas (5):
5/12/20 (10h30-11h30) e 19/12/20 (10h30-11h30);
9/01/21 (10h30-11h30), 16/01/21 (10h00-11h30) e 23/01/21 (10h00-13h00).

Nº horas de formação: 15

(Nº de horas online síncronas: 7,5 horas; Nº de horas online assíncronas: 7,5 horas)

Abertura de inscrições: 14 de novembro de 2020, a partir das 8h00

Fecho das inscrições: 22 de novembro de 2020, às 23h59

Preço da ação:
Associados da APPBG com as quotas atualizadas até as 22h00 do dia 13-11-2020 = 30€
Associados da APPBG em situaçao irregular e nao associados = 45€

Condições de admissão e critérios de seriação dos candidatos:
a) 1ª Prioridade - associados da APPBG com as quotas atualizadas, por ordem de inscrição;
b) 2ª Prioridade - associados da APPBG em situação irregular e não associados, por ordem de inscrição.

Objetivos e sinopse:
É hoje consensual que a realização de trabalho prático promove a mudança conceptual dos alunos, em particular, se forem proporcionadas atividades do tipo investigativo. A experimentação real aliada à experimentação virtual, nomeadamente através de simulações, constitui um ambiente muito favorável à mudança conceptual e desenvolve a capacidade dos alunos para realizarem previsões e explicações aceitáveis dos fenómenos. Para além disso, o recurso a estas tecnologias contribui positivamente para o desenvolvimento do interesse dos alunos. Neste contexto, propõe-se um curso de formação que promova a conceção de situações de aprendizagem interdisciplinares, inovadoras e integradoras das simulações no ensino das Ciências Naturais.

Objetivos a atingir:
1 – Conhecer as potencialidades do uso de simulações virtuais no ensino das Ciências Naturais no 2.º Ciclo do Ensino Básico;
2 – Promover a exploração de diversas simulações interativas e de situações didáticas de base prática, que integrem estes recursos, através do aprofundamento e/ou reconstrução de conhecimento científico e didático;
3 – Dinamizar a construção, implementação e avaliação de materiais didáticos inovadores e interdisciplinares, integrando as simulações interativas;
4 – Promover atitudes de colaboração, reflexão e partilha, entre os formandos, sobre materiais e práticas inovadoras no ensino das Ciências Naturais.

Conteúdos da ação:

Módulo 1. O trabalho prático no ensino das Ciências Naturais (1 h síncrono + 2 h assíncrono)
- Enquadramento do curso e dos conteúdos a abordar.
- A importância do trabalho prático investigativo (Inquiry) no ensino das Ciências Naturais.
- Práticas interdisciplinares em Ciências Naturais.
- Potencialidades da integração curricular das tecnologias digitais.

Módulo 2. Simulações virtuais interativas no ensino das Ciências Naturais (1 h síncrono + 2 h assíncrono)
- Modelação, visualização e simulação de fenómenos.
- Características das simulações interativas.
Contextos de utilização e potencialidades das simulações interativas.

Módulo 3. Atividades interdisciplinares com recurso a simulações interativas (1 h síncrono + 2 h assíncrono)
- Exploração de atividades interdisciplinares com recurso a simulações interativas.
- Análise e discussão de atividades interdisciplinares com recurso a simulações interativas.

Módulo 4. Organização, implementação e avaliação de atividades com recurso a simulações interativas (1,5 h síncrono + 1,5 h assíncrono)
- Planificação colaborativa de atividades e construção de materiais didáticos com recurso a simulações.
- Partilha e discussão de atividades e materiais didáticos de apoio ao uso de simulações em sala de aula.

Módulo 5. Apresentação e avaliação das atividades e materiais didáticos produzidos para o ensino das Ciências Naturais (3 h síncrono)
- Partilha das atividades e materiais didáticos desenvolvidos para utilização de simulações em sala de aula.
- Avaliação e discussão em grupo das atividades e materiais didáticos produzidos.

Regime de avaliação:
Os formandos serão avaliados na escala de 1 a 10, de acordo com o despacho nº 4595/2015. Para obter a certificação, é necessária a frequência de, pelo menos, dois terços do total das 15 horas de formação.

Critérios de avaliação:
- Participação e concretização das tarefas propostas – 50 %;
- Elaboração de um relatório individual sobre o trabalho desenvolvido ao longo do curso, integrando a reflexão sobre o contributo do Curso de Formação na preparação dos professores para conceber atividades interdisciplinares com recurso a simulações virtuais e a planificação de uma atividade, bem como os materiais didáticos de apoio, nas áreas curriculares das Ciências Naturais – 50 %.

Nota:
Para os efeitos previstos no nº 1 do artigo 8.º do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação de formação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do Grupo de Recrutamento 230.
Para efeitos de aplicação do artigo 9.º do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para a progressão em carreira de Professores do Grupo de Recrutamento 230.

Registo: CCPFC/ACC-109377/20
Modalidade: Curso de Formação
Destinatários: Professores do 2.º Ciclo do Ensino Básico - Grupo 230
Formadores: Marisa Correia (ESE Santarém)
Local: sessoes online (Zoom + Moodle da APPBG)
Data de início: 2020-12-05 10:30:00
Data de fim: 2021-01-23 13:00:00
Mínimo: 15
Máximo: 30
Data limite de inscrição: 2020-11-22 23:59:00
Preço para Sócios com cotas regularizadas: €30
Preço para Não sócios/sócios em situação irregular: €45

  • 2020-11-28 14:37:22

Subsites

Jornadas de Refelexão - Outubro 2014

JORNADAS DE REFLEXÃO: "METAS, PROGRAMAS E EXAMES NACIONAIS DE BIOLOGIA E GEOLOGIA - TENDÊNCIAS E PERSPECTIVAS" 11 de OUTUBRO de 2014

IX CONGRESSO APPBG

SUSTENTABILIDADE NA TERRA: DESAFIOS À GEOLOGIA E À BIOLOGIA

Autonomia e Flexibilidade Curricular, Aprendizagens Essenciais e Perfil dos Alunos

encontro destinado aos docentes dos grupos de recrutamento 110 (1º CEB), 230 e 520 (Ciências Naturais | Biologia e Geologia). Formação privilegiada, objetivando um debate aprofundado em torno do Perfil dos Alunos e do Projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular, assim como das Aprendizagens Essenciais nos diferentes ciclos de escolaridade